Como transmitir informação de forma lúdica

Para os ilusionistas Klauss Durães e Henry Vargas, a tecnologia pode ser uma ótima aliada para passar uma informação de forma leve e lúdica

Alguém bocejando ou mexendo no celular em um evento. Muitas pessoas já se depararam com essa imagem ao entrar em uma palestra corporativa. Transmitir uma mensagem de forma eficaz é um grande desafio. Afinal, competir com as redes sociais não é fácil, mas estratégicas lúdicas são grandes aliadas para virar esse “jogo” e conquistar a atenção da plateia.  Um estudo realizado pela LEGO Foundation mostrou que atividades lúdicas são importantes para o aprendizado, pois estimulam o cérebro a acessar um conhecimento mais profundo.

Com base nesse cenário, é essencial usarmos ferramentas lúdicas para transmitir informação de forma eficaz. É claro que tudo é feito com muito planejamento. Elaborar um roteiro de apresentação é um dos primeiros passos para tirar uma ideia do papel.

Em uma atração lúdica, não podem faltar interação, bom humor e histórias interessantes. Para os ilusionistas Klauss Durães e Henry Vargas, fundadores da Ilusion, empresa de ilusionismo especializada na criação de efeitos mágicos personalizados, é possível acrescentar um outro ingrediente especial: a mágica. “O ilusionismo pode ser uma ferramenta para transmitir mensagens de forma eficaz”, diz Vargas.

O ilusionismo pode ser uma ferramenta para transmitir mensagens de forma eficaz  (Crédito: Iago Fundaro)

Os ilusionistas preparam algumas dicas para tornar uma apresentação lúdica e inesquecível. Confira!

Quebre o gelo

Quando um evento começa, a plateia, muitas vezes, fica apreensiva, pois não sabe o que esperar. Quebrar o gelo, com uma piada ou mesmo uma frase que chame a atenção, é uma estratégia interessante, sendo uma ótima oportunidade para ganhar a confiança do público.

Com o ambiente mais leve, as pessoas ficam mais entusiasmadas. Na hora em que energia do evento está alta, os olhos do público ficam vidrados no palco e as gargalhadas ou até mesmo os choros invadem o espaço. “Esse tipo de impacto é o que torna um evento memorável”, diz Klauss.

Nas atrações lúdicas, não podem faltar interação, bom humor e histórias interessantes (Crédito: Iago Fundaro)

Crie um ambiente confortável

Ter um espaço acolhedor pode ser fundamental para uma apresentação. É recomendado que o local seja confortável para as pessoas e tenha infraestrutura adequada para investir em atrações tecnológicas.

Uma das estratégias é caprichar na decoração ou mesmo apostar em um material complementar para instigar o participante antes da palestra  corporativa começar.

Veja a tecnologia como uma aliada

Como criar um evento inovador? Um grande diferencial para o sucesso de qualquer palestra é a tecnologia como realidade virtual, hologramas, painéis interativos, telas touch screen, drones, aplicativos, robôs, impressoras 3D. Na era da hiperconectividade, é necessário ser criativo para manter o foco dos participantes no conteúdo através de ferramentas inovadoras. Sair do padrão e abusar da interatividade é fundamental.

Quando pensam em uma atração, os ilusionistas sempre recorrem aos recursos tecnológicos para chamar a atenção do público. As empresas chegam até a Ilusion com intuito de utilizar a mágica como ferramenta para solucionar um problema. “Nosso trabalho é entender a mensagem que o negócio quer passar e usar nosso conhecimento e nossa arte para criar uma solução inovadora, personalizada e tecnológica, que vai impressionar as pessoas e gravar aquele momento na sua memória”, diz Klauss.

 Construa narrativas

Narrativas são ótimas para prender a atenção, pois as pessoas ficam interessadas em saber o que irá acontecer depois. Além de conquistar a plateia, as histórias também aproximam o palestrante do seu público, tornando o evento mais leve e divertido.

Ao elaborar uma atração, os ilusionistas também estão preocupados em estruturar uma narrativa, em que suas ações tenham um desfecho. Uma vez, a Ilusion recebeu como missão motivar o time de vendas de uma farmacêutica. Os produtos da empresa concorrem com os medicamentos genéricos — conhecidos como mais baratos do mercado. Para isso, os ilusionistas estruturam uma apresentação em que começava com eles retirando um medicamento da tela de um tablet.

No final, eles revelaram que a ideia de sua mensagem era mostrar que o impossível é uma ilusão e de que os produtos da empresa conseguiriam competir com os genéricos. “A partir dessa narrativa, tentamos motivar o time de vendas para eles acreditarem que são capazes. O ilusionismo passa essa ideia de uma forma inteligente”, diz Klauss.