O que o ilusionismo pode ensinar sobre os negócios

De acordo com os ilusionistas Klauss Durães e Henry Vargas, a mágica pode nos dar grandes dicas de liderança, gestão e vendas

Quando um ilusionista sobe ao palco, ele tem uma missão: encantar e surpreender seu público. No entanto, isso não é uma tarefa fácil. É preciso estar de olho nas inovações do mercado, porque, com o passar do tempo, a plateia muda e o velho truque de tirar o coelho da cartola pode não cativar mais. Entrar em um negócio não é diferente. Quem pensa em empreender também tem que estar atento às tendências do seu setor, caso contrário, irá perder o interesse do seu cliente.

Segundo Klauss Durães e Henry Vargas, fundadores da Ilusion, empresa especializada na criação de efeitos mágicos personalizados, a mágica pode nos ajudar a entender mais sobre o mundo dos negócios e nos dar grandes lições de liderança, gestão e vendas. Os ilusionistas separaram cinco dicas para os empreendedores alavancarem suas empresas.

Conheça o seu público

Quando vai preparar uma apresentação, um mágico precisa pensar em seu público. Uma atração que encanta crianças, por exemplo, não necessariamente irá funcionar em uma palestra corporativa. Um dia a Ilusion recebeu a missão de motivar o time de vendas de uma farmacêutica. Os ilusionistas fizeram uma atração em que retiravam um medicamento da tela de um tablet. Segundo Klauss, a proposta era trabalhar com elementos tecnológicos, que fazem parte do dia a dia das pessoas.

No mundo dos negócios, o empreendedor também deve conhecer o público. Ir para uma reunião com um consumidor pode ser diferente de ter um encontro com investidores. Empresas de tecnologia, por exemplo, precisam mostrar como suas ferramentas funcionam e qual a “mágica” que elas irão fazer para resolver os problemas dos clientes. Já os investidores estão interessados nas estratégias de crescimento do negócio e qual será o retorno do investimento. Para cada público, o empresário precisa preparar uma apresentação diferente.

Empresas bem-sucedidas criam soluções para problemas que ainda não são notados (Crédito: Pexels)

Utilize a mágica da persuasão

Convencer alguém que algo impossível pode ser possível é um dos objetivos dos ilusionistas. No entanto, isso é um grande desafio e requer confiança. Os mágicos estão constantemente tentando levar as pessoas a acreditarem em seus números, e muitas vezes, a embarcarem em ideias aparentemente “malucas”, como entrar dentro de uma caixa para ser serrada ao meio. Assim como no mundo da mágica, líderes também precisam convencer os clientes de que seus produtos e estratégias são confiáveis.

Empresas bem-sucedidas criam soluções para problemas que ainda não são notados pelas pessoas. Um verdadeiro visionário tenta convencer seus clientes a comprar uma ideia, sem eles saberem que necessitam.

 

A ideia de não saber como um truque funciona é importante para tornar uma atração especial (Crédito: Iago Fundaro)

Use o mistério como um diferencial

Um dos principais elementos da mágica é o mistério.  A ideia de não saber como um truque funciona é importante para tornar uma atração especial. Afinal, um mágico nunca revela seus segredos. No caso das empresas, o mistério está ligado aos seus diferenciais. A Coca-Cola, por exemplo, não divulga qual é a sua fórmula.

No entanto, mesmo tendo um diferencial, os empreendedores não devem ficar parados no tempo. Um mágico sempre está acrescentando novos truques para evitar que suas apresentações fiquem obsoletas. As empresas devem fazer o mesmo: inovar constantemente para criar soluções exclusivas e se afastar dos concorrentes.

Assuma riscos

Assumir riscos faz parte do trabalho dos mágicos. Isso pode ser assustador em um primeiro momento. No mundo empreendedor, não é diferente. Nem sempre os negócios são totalmente seguros. Mas, as pessoas precisam acreditar no potencial da sua ideia e, se for preciso, se arriscar mais.

Os empreendedores precisam estar em busca de impressionar o seu cliente. (Crédito: Pexels)

Trabalhe com o elemento surpresa

O momento de ver uma pessoa levitando ou objetos desaparecendo causa um sentimento de “uau” nas pessoas. Surpreender o público é o sonho dos ilusionistas. E isso não se limita aos palcos. Os empreendedores também precisam estar em busca de impressionar o seu cliente. Nada melhor do que ver nos olhos do consumidor um olhar de admiração ao descobrir que um produto ou serviço resolveu os seus problemas de uma forma eficiente. Isso é um momento mágico!