Cinco segredos para tornar uma palestra corporativa inesquecível

Fundadores da Ilusion, empresa de ilusionismo especializada na criação de efeitos mágicos personalizados, mostram como utilizar a tecnologia e outros recursos para fazer uma palesta corporativa memorável

Deixar o público vidrado com a sua apresentação é o sonho de todo palestrante. No entanto, fazer um evento inesquecível não é uma tarefa fácil, já que as pessoas têm em suas mãos um dos principais responsáveis pela distração: o smartphone. “Qual é o segredo para tornar o assunto da palestra corporativa mais interessante que as redes sociais?” é a pergunta que muitas pessoas querem responder.

Para Klauss Durães e Henry Vargas, ilusionistas e fundadores da Ilusion, empresa de ilusionismo especializada na criação de efeitos mágicos personalizados, o palestrante não deve esperar que as pessoas assistam a um evento apenas por considerar importante para sua carreira. É preciso tornar esse momento especial e deixá-las entretidas com a apresentação. Um dos caminhos é investir em tecnologia e no ilusionismo. Para ajudar quem quer criar uma atração memorável, os ilusionistas prepararam cinco dicas. Confira baixo! 

1-Fique atento aos pontos de alta e baixa energia  

Um bom palestrante conhece bem quais são os níveis de animação do seu público. Nos pontos de alta energia, as pessoas estão totalmente envolvidas com a palestra. É momento em que os olhos ficam vidrados no palco e as gargalhadas ou até mesmo os choros invadem o espaço. “Esse tipo de impacto é o que torna um evento  memorável”, diz Klauss. 

Quando a energia da palestra corporativa está baixa, o público fica entediado e desinteressado. É nessas horas que as pessoas saem para comer, ir ao banheiro ou, o que é mais comum, ficam com os olhos vidrados no celular, rolando a timeline do Instagram e do Facebook. Por isso, é importante pensar em apresentações atrativas e interativas, que motivem os interessados a prestarem atenção.  

2-Vá além do básico  

Um microfone e uma série de slides no projetor. Esse cenário é muito comum nos eventos. No entanto, é previsível e nem sempre cumpre o papel da palestra corporativade passar uma mensagem de forma eficaz. Por isso, é preciso ir além do básico.  

Uma das estratégias é caprichar na decoração ou mesmo investir em um material complementar para instigar o participante antes da palestra  corporativa começar. “Trabalhar com a interação tecnológica pode ser interessante também. Uma vez nós fizemos apresentação em que tirávamos um medicamento da tela de um tablet”, diz Klauss.  

magica-para-convencoes
A escolha e distribuição dos conteúdos são essenciais para tornar uma palestra inesquecível

3-Trabalhe com um elemento surpresa  

Contar com um ilusionista em um evento é uma boa estratégia para reter a atenção do público. “Os números de ilusionismo são criados especialmente para cada momento do evento, atrelados aos assuntos que estão sendo trazidos pelas demais atrações.  

Mesmo que a apresentação principal chegue em um momento de baixa energia, o ilusionista pode elevar essa energia nos intervalos e ainda fazer uma conexão entre as temáticas. É uma forma de ajudar na fixação do conteúdo. 

4-Planeje os conteúdos  

A escolha e distribuição dos conteúdos são essenciais para tornar uma palestra corporativa inesquecível. É necessário planejar um roteiro de apresentação para que os assuntos não se tornem muito maçantes e cansativos.  

Coloque a tecnologia no radar do evento. Ela é uma grande aliada para tornar a apresentação memorável. Para conquistar o público, o palestrante pode utilizar diversos recursos como realidade virtual, hologramas, painéis interativos, telas touch screen, drones, aplicativos, robôs, impressoras 3D.  

A tecnologia pode ser uma grande aliada para tornar as apresentação memoráveis Crédito (Iago Fundaro)

5-Fique atento aos horários  

Conteúdos mais informativos são mais fáceis de serem trabalhados pela manhã. “Nesse período, os participantes estão com mais energia e empolgação, pois o evento está apenas começando”, diz  Klauss.  

No final do dia, o cansaço já começa a tomar conta dos participantes. Por isso, é melhor tratar de temas mais enérgicos e menos cognitivos. Rodas de discussões são ótimas estratégias, porque as pessoas se engajam bem e não percebem a hora passar.